Louremar no Facebook Louremar no Twitter
NOTÍCIAS
< Voltar
Morte de crianças maranhenses no Chile é notícia nacional
Publicada em 04/06/2019 às 15:44:14

Duas meninas maranhenses da cidade de Bacabal, de 3 e 7 anos, morreram na tarde de segunda-feira (3). As crianças estavam com os pais em viagem de turismo.

A menina de 7 anos de idade é Isadora Pereira Bringel Carvalho, é filha dos médicos Marcelo e Slávya Bringel. Khalida Carvalho é filha do médico Jorge Alberto Trabulsi e da nutricionista Lenne Carvalho Lisboa. As duas famílias residem na cidade de Bacabal.

As duas crianças foram atingidas por um deslizamento de pedras ocorrido na tarde de ontem na região de Cajón del Maipo, no Chile. A notícia foi divulgada em redes de televisão do Brasil e do Chile e em grandes portais de notícias.

O portal O Globo traz o depoimento de Diego Marinho que diz ter visto o momento exato em que as duas crianças foram atingidas. Segundo a testemunha as crianças brincavam na neve na subida da montanha El Yeso, a cerca de cem quilômetros de Santiago. O homem conta que viu o deslizamento e gritou para que as pessoas se protegessem. Ainda conseguiram puxar a irmã de Isadora.


 

Área não é própria para o turismo

O local do acidente é na região metropolitana de Santiago. A área é interditada para o turismo nessa época do ano por causa da possibilidade de acidentes como esse.

Mireya Chocair, governador da província de Cordillera, declarou que não houve liberação da área para prática do turismo. Segundo matéria publicada na Folha de S. Paulo, a Governadora declarou: “Há sinalização, os operadores turísticos sabem como isso funciona. Há uma lei municipal, o município está constantemente em contato com os operadores turísticos. É algo muito regulamentado e de conhecimento público”.

Confrontando com essa declaração, o conselheiro municipal Alejandro Hormazabam diz que no local não tem placa ou aviso para impedir a circulação de pessoas, segundo informa a Folha de S. Paulo.

Família faz campanha para traslado dos corpos

O Custo do traslado do corpo do Chile até o Brasil está orçado em 80 mil reais, segundo informações de familiares da garota Khalida. Este blog divulgou que a familia estaria fazendo uma campanha nas redes sociais. Por volta das 16h desta terça-feira, a senhora Graciete Lisboa (Vice-Prefeita da cidade de Bacabal e avó da garota Khalida) gravou aúdio em que diz que tal campanha não partiu da família. Por esse motivo atualizamos esse post e  retiramos os dados bancários para doação. 

Mãe de Khalida está grávida 

O casal Lenne e Jorge Alberto espera uma nova filha. O nascimento deve ocorrer no mes de agosto e a nova filha ja tem nome: Khatarina. 

Esse fato também é destacado pela imprensa nacional, em postagem no Extra, das organizações Globo. O site traz o seguinte texto: 

"A mãe da pequena Khálida Trabulsi Lisboa, que morreu aos 3 anos atingida por uma rocha durante passeio com a família no Chile, está grávida da segunda filha com o marido, Jorge Trabulsi. Moradora de Bacabal, no Maranhão, Lenne Carvalho Lisboa se descreve em sua conta no Instagram como "mãe da Khálida" e "à espera da Katharina".

"Estar grávida é sentir um fantástico mar de diferentes emoções que nem imaginava que existiam", escreveu ela, em 10 de maio, em post no qual celebrou as 24 semanas de gestação, hoje de quase sete meses. Nesta postagem, ela celebrou nas hashtags ser "mãe de meninas" e exaltou o "amor sem medidas" que sentia pela família."  

 

Compartilhe Compartilhe:
Imprimir: Morte de crianças maranhenses no Chile é notícia nacional Voltar Ir para o Topo RSS
Comentários
0 comentário
    DEIXE SEU COMENTÁRIO
    campos marcados com * so de preenchimento obrigatrio!
     
     
      Louremar no Facebook
      Estatísticas de acesso
    » Usuários on-line: 4
    » Notícias lidas hoje: 388
    » Notícias lidas ontem: 410
    » Total de Visitas: 7815045
    © Copyright 2013 - Louremar Fernandes